CRUZEIRO

Cruzeiro tem o 3° melhor público do ano no Mineirão diante do Corinthians

Cruzeiro contou com o terceiro maior público do ano no Mineirão para empurrar o time diante do Corinthians, pelo Brasileiro
Foto do autor
Compartilhe

O Cruzeiro contou com o terceiro maior público do ano no Mineirão para empurrar o time diante do Corinthians, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A Raposa venceu o Timão por 3 a 0, neste domingo (7/7), e foi ao G6 da competição.

Público e renda de Cruzeiro 3 x 0 Corinthians

  • Público: 55.186
  • Renda: R$ 3.137.608,00

Os números de bilheteria do confronto público quebraram o recorde do Cruzeiro na Série A de 2024. Foi o sexto compromisso em casa no Brasileiro. Antes, a melhor marca havia sido no jogo contra o Fluminense, quando o Gigante da Pampulha recebeu 28.812 torcedores.

Além disso, este foi o terceiro maior público do ano. O recorde foi na final do Campeonato Mineiro, quando a Raposa perdeu para o Atlético por 3 a 1 e ficou com o vice-campeonato. Depois, o time contou com grande apoio para enfrentar a Universidad Católica, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Os três melhores públicos do Cruzeiro no ano

  • Cruzeiro x Atlético – final do Mineiro

Público: 61.582

Renda: R$ 5.517.247,62

  • Cruzeiro x Universidad Católica – fase de grupos da Sul-Americana

Público: 55.254

Renda: R$ 2.770.277,50

  • Cruzeiro x Corinthians – 15ª rodada do Brasileiro

Público: 55.186

Renda: R$ 3.137.608,00

Os três melhores públicos no Brasileiro

  • Cruzeiro x Corinthians – 15ª rodada do Brasileiro

Público: 55.186

Renda: R$ 3.137.608,00

  • Cruzeiro x Fluminense – 10ª rodada do Brasileiro

Público: 28.812

Renda: R$ 831.555,00

  • Cruzeiro x Cuiabá – 8ª rodada do Brasileiro

Público: 26.595

Renda: R$ 776.196,00

Cruzeiro no Brasileiro

A vitória sobre o Corinthians foi a sexta do Cruzeiro como mandante no Campeonato Brasileiro – 100% de aproveitamento. Com o resultado, os mineiros sobem da oitava para a sexta posição da tabela, com 23 pontos. 

Desta forma, ainda com um jogo a menos em relação a outros concorrentes, a equipe de Fernando Seabra fecha a rodada na zona de classificação à Copa Libertadores 2025. 

Compartilhe