NO ATAQUE COM RENAN OLIVEIRA

Renan Oliveira cita os dois clubes europeus que tentaram tirá-lo do Atlético

Nos primeiros anos de carreira, Renan Oliveira era tido como promessa do Atlético no cenário nacional; clubes europeus fizeram propostas
Foto do autor
Foto do autor
Compartilhe

Meia-atacante de boa técnica e visão de jogo, Renan Oliveira chegou a ostentar o status de “xodó” da torcida do Atlético. Aos 18 anos, em 2008, o jogador viveu ascensão meteórica no Galo e, nas temporadas seguintes, chamou atenção de clubes europeus, que tentaram tirá-lo do clube mineiro. Em entrevista exclusiva ao No Ataque, o atleta relembrou essas propostas.

“O que chegou de concreto para mim foi uma proposta do CSKA (Rússia), em 2009, eu estava voltando de lesão. O Kalil falou que não iria me vender, não tinha conversa. Mas também não era meu desejo, queria me tornar um ídolo do Atlético. Tive a segunda em 2011, quando o André veio para o Atlético, o Dínamo de Kiev (Ucrânia) me pediu, e o Galo não liberou. Oficialmente chegou isso.”

Renan Oliveira, meia-atacante ex-Atlético

Em março de 2009, após disputar quatro partidas no início da temporada, Renan Oliveira sofreu importante lesão no ligamento colateral medial do joelho direito. Àquela altura, não precisou passar por cirurgia, mas ficou quase três meses distante dos gramados.

Na reta final da recuperação, em junho, o Atlético recusou uma proposta de 4 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões na cotação da época) pelo meia-atacante. Naquela oportunidade, o então presidente Alexandre Kalil não quis revelar o clube e disse entender que o atleta valia “pelo menos um pouco mais que o dobro” do valor oferecido.

Posteriormente, em julho de 2011, o Galo venceu a concorrência do Flamengo e fechou a contratação do atacante André junto ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Durante as conversas, o clube europeu pediu a liberação de Renan Oliveira, mas não conseguiu.

Em três passagens pelo Atlético, Renan Oliveira somou 27 gols em 112 jogos. Com o Galo, conquistou o Campeonato Mineiro de 2010. Com a Seleção Brasileira, venceu o Sul-Americano Sub-20 de 2009.

Compartilhe